Governo suspende o uso de radares móveis em rodovias federais



A medida foi publicada nesta quinta (15) no “Diário Oficial da União”, determinando a suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais.

A medida foi publicada nesta quinta (15) no “Diário Oficial da União”, determinando a suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais.

Segundo o presidente da república, a partir de segunda-feira não haverá mais radares móveis nas estradas federais, entretanto o despacho publicado hoje não especifica quando a ordem entrará em vigor.

Até o momento a regra publicada vale até que seja concluída uma revisão das normas que regem a fiscalização eletrônica de velocidade, sob responsabilidade do Ministério da Infraestrutura e posteriormente será analisada pelo Ministério da Justiça.

Segundo a presidência, o despacho que realiza a suspensão dos radares móveis tem o objetivo de acabar com o caráter meramente arrecadatório ao invés de pedagógico desse tipo de fiscalização.

O despacho não é aplicado aos radares fixos, os quais são instalados de forma permanente em local definido.

De acordo com a medida estão suspensos os seguinte radares:

Estático: instalado em veículo parado ou sobre suporte

Móvel: instalado em veículo em movimento

Portátil: direcionado manualmente para os veículos